segunda-feira, outubro 16, 2006

Bacalhoada Coreliana

Se um dia for me chamar para almoçar ou jantar em sua casa nem precisa pensar num prato para me agradar. Pode fazer uma bacalhoada que ficarei muito satisfeito. Dou uma receita que acho muito boa:

Ingredientes

1,5 Kg de bacalhau desfiado
7 batatas
7 tomates
3 pimentões
5 cebolas médias
6 ovos de galinha (prefiro 1 dúzia de ovos de codorna)
300 g de azeitonas pretas
sal e pimenta-do-reino a vontade
azeite extra virgem
umas folhinhas de salsa para enfeitar
2 Garrafas de vinho (no mínimo)

Preparo

Ponha o bacalhau de molho na água gelada para tirar o excesso de sal. Troque a água por umas 4 vezes até tirar o excesso de sal. Cozinhe as batatas com a casca. Coloque os ovos de codorna para cozinharem junto com a batata. Corte as batatas em fatias e separe. Pique as cebolas, os pimentões e os tomates sem pele e sem sementes e separe. Unte um tabueiro do tipo Pirex com bastante azeite e monte a bacalhoada da seguinte maneira:
Primeiro os tomates para forrar, depois a cebola, o pimentão, o bacalhau desfiado e por último a batata.Repita as camadas de acordo com o tamanho do tabuleiro e por fim coloque sal, pimenta-do-reino e as azeitonas. Cubra o tabuleiro com um papel alumínio e ponha-o no forno por uns 50 minutos. Desligue o fogo, coloque por cima os ovos cozidos, regue com mais azeite, tampe novamente o tabuleiro e aguarde mais uns 10 minutos. Essa até o lula consegue fazer.

Sirva com arroz e um bom vinho.

Quando fizer não se esqueça de me convidar!

24 Comments:

Blogger José Alberto Mostardinha said...

Viva Marco Aurélio:

Você precisa saber de que os portugueses são os maiores consumidores de bacalhau per capita do mundo.
E precisa ainda também de saber de que mais de 80% do bacalhau consumido em Portugal é distribuido a partir de Aveiro, a minha linda cidade :-)

Logo você fica a saber de que Aveiro é a capital do bacalhau em Portugal.

E também já vi que sabe que há mil e uma maneiras de cozinhar o bacalhau. Cozido, assado grelhado, no forno, frito, cru,...

Estou nessa, e o meu preferido é... bacalhau á Braz.

Ingredientes:

alho: 6 dentes
azeite: 1 dl
azeitonas pretas: q.b.
bacalhau: 6 postas
batata palha: 500 gr
cebola grande: 2
ovos: 12
pimenta: q.b.
salsa: q.b.

Preparação:
Escalde o bacalhau, retire as peles e as espinhas, e depois desfie-o.
Refogue as cebolas, alhos e azeite, junte o bacalhau e deixe-o absorver o azeite.
Adicione depois a batata palha mexendo bem.
Quando estiver quente, junte os ovos batidos previamente com a pimenta.
Envolva bem, mexendo sempre com uma colher de pau até os ovos começarem a coagular.
Polvilhe com salsa picada e sirva com azeitonas pretas.

Agora fica o convite para você visitar regularmente o EG.

Um abraço,

16 outubro, 2006  
Blogger José Alberto Mostardinha said...

ooppsss!!! mais ou menos 1 hora a fazer e a receita indicada é para 6 pessoas.

Abraço,

16 outubro, 2006  
Blogger B R E N A said...

Que visita agradável!!! Quanto tempo, hein?!
Beijos
Boa semana

16 outubro, 2006  
Blogger B R E N A said...

Hehehe
As imagens do meu blog são todas "roubadas" da internet... rs
Bjos

16 outubro, 2006  
Blogger B R E N A said...

Vc se expressou bem sim... eu que não tinha entendido antes!
Mas, obrigada de qualquer forma. É sempre um prazer ter sua visita (e seus comentários) no blog.
Beijos

16 outubro, 2006  
Anonymous Roy Frenkiel said...

Ate curto, amigo, mas nem sei fazer, quando estiver no Brasil cobro um auto-convite a uma sua
;-) abrax

RF

16 outubro, 2006  
Blogger Ricardo Rayol said...

Po, isso não se faz ahahaha cada receita melhor que a outra! Marco quando vier a floripa não vai dar pra preparar uma bacalhoada mas garanto uma caldeirada muito boa.

16 outubro, 2006  
Anonymous Arthur said...

Achei uma receita na internet que é bem melhor do que a sua receita,
digo melhor do que todas que já vi na minha vida pelo nome exótico
Ai vai ela:

PUNHETA DE BACALHAU

Ingredientes:

2 postas de lombo de bacalhau
1 cebola média
azeite
vinagre
agrião
azeitonas


Preparação: Desfiar duas postas do lombo do bacalhau devidamente demolhadas, lavar bem com água fria e estender numa travessa. Cortar em palitos uma cebola média. Misturar e regar com azeite e umas pingas de vinagre. Servir frio acompanhado de salada de agrião, broa e azeitonas.


Q beleza neh??

16 outubro, 2006  
Blogger WAPTE said...

Oi Arthur, as punhetas são preparados muito apreciadas pelos nossos caros amigos portugueses. Ai em Belo Horizonte, nos bares portugueses é muito comum a gente pedir uma punheta. Mas o preparo é outro e a comida é outra. Pode-se fazer punheta com bacalhau, com salame, etc... Punheta é tira-gosto. Nada como uma boa bacalhoada a moda portuguesa. Nisto, eles são invencíveis. Bacalhau a Zé do Pipo, Bacalhau a Gomes de Sá, etc, etc, etc.
Aproveito a oportunidade para aprender. Gostaria de saber dos amigos portugueses, se é verdade que embora Portugal seja o campeão mundial de consumo de bacalhau, eles não são pescados nas costas portuguesas e sim da Noruega. Que o famoso bacalhau do Porto é simplesmente o Bacalhau noruegues desembarcado no Porto. Será isto verdade? Bacalhau é peixe de água gelada. Portugal é banhado pelo Mediterrâneo, famoso por suas águas cálidas. Por favor me ajudem a desvendar esta questão.

16 outubro, 2006  
Blogger Juraciara said...

Marco,

Agora entendi sua pergunta no meu blog(uinho)...
Eu realmente adoro bacalhoada, mas confesso que prefiro a salada de bacalhau...usa todos os ingredientes que você elencou, mas não vai ao forno (o pimentão, a cebola e o tomate são picados bem pequenos - para o gosto não ficar muito forte)...rega com bastante azeite e...pronto! Não precisa de mais nada, e ainda por cima a gente tem a doce sensação de não estar engordando...rsrsrs
Estou com seu telefone...vou te ligar dia destes (me liga tb)...

bjos e volte sempre...adoro suas visitas...eu sempre estou aqui!

16 outubro, 2006  
Anonymous Arthur said...

Tio Lincoln,realmente é um prazer aprender com alguém que têm tanta cultura como você.A zoação por causa da punheta de bacalhau é outra e depois o Marco Aurélio te explica direito porque eu estou sem tempo agora ok?Tenho certeza que ele entendeu o trocadalho..h
hsauhsuhauhusa
A punheta serve como tira-gosto,
literalmente,só que ela é essencial pra nós todos que estamos aqui nesse blog não é Marco?
Um abraço pra vocês dois seus malucos!

16 outubro, 2006  
Blogger Maíra said...

às vezes, eu durmo.:)

16 outubro, 2006  
Anonymous Carmen said...

Em Noruega eles chamam o bacalhau de "torsk" - foi uma das minhas primeiras lições de bokmål...

E uma coisa: acho incoerente você dizer que "até o Lula consegue fazer". E deveras indelicado. Não combina com a sua pessoa. Parece que o Marco que vota nas minhas enquetes é um e o que escreve em Boatemática é outro. Em qual deles devo acreditar?

16 outubro, 2006  
Blogger Marco Aurélio said...

Carmen

O Marco que vota nas suas enquetes é o mesmo que escreve no Boatemática. Não voto no Lula quando digito 13 na urna eletrônica. Voto no que acredito ser melhor para o Brasil nesses tempos. Depois escrevo isso com calma. Votar num candidato pode significar votar em um partido por exemplo. Também não é o meu caso.Acho o Lula um apedeuta justamente por acompanhá-lo desde as greves do ABC em 80 até hoje. Quanto ao PT, tem se mostrado um partido bem fisiológico e no mínimo bem parecido com os demais, com suas coligações e tudo mais. De lá pra cá ele mudou muito, ou será que ele já era assim? Mesmo assim digito 13 por falta de opção. Entendeu agora?
Você pode acreditar no "único" coréio que existe.

Bjs

17 outubro, 2006  
Blogger Joice Padilha Terra said...

Caro Amigo !!

Estivesses em meu Blog, deixando uma msg em meus comentários..
Agradeci-Te por e-mail..nele, em resposta, deixaste o enderêço do Teu.
Cá estou..
Parabéns...mas esta postagem deixou-me com água na boca..hein !!!
Com certeza tentarei fazer o prato..
O Convite está lançado !!

Queres almoçar com mimha famílha, e eu , claro ???
Abraço grande
Sucesso !!
Joice

joiceterra.blogspot.com

17 outubro, 2006  
Blogger Tozé Franco said...

Ora até parece que estamos em Portugal com tanto bacalhau, o fiel amigo como por aqui dizem...
Quando falei do Porto, contei a história do Bacalhau à Gomes de Sá, que é um prato emblemático do Porto.
um abraço.

17 outubro, 2006  
Blogger a superlativa said...

ok, qdo vc vem???? rs
bjus!

17 outubro, 2006  
Blogger Liliane said...

kkkkkkk...acho que nunca vi uma visita tão despachada!!! Estou achando que vc já chega como Amigo antigo. rs. E para a sobremesa? nada? rs. bom...vou experimentar a receita qq dia. um abraço

17 outubro, 2006  
Blogger w suomynona said...

Uhmmmm...
Até senti o sabor!
Beijinhos , teacher de boa temática!

17 outubro, 2006  
Anonymous Arthur said...

Marco,o que você acha de fazermos uma punheta lá na casa da vó?

17 outubro, 2006  
Blogger ariadne said...

Adoro bacalhoada !!! E desculpe o sumiço, ele se deve a um misto de estresse, faculdade, problema de saúde, namoro e a vida lá fora q dá o que fazer. Mas estamos aí e tem texto novo no Fio.
Parabéns pelo dia do professor atrasado.

bjs

18 outubro, 2006  
Blogger Tina said...

Oi Marco!

Muito legal colocar uma receita , adorei!

Mas eu juro: apesar de não gostar de bacalhau, prefiro a receita ao desafio lançado no outro post!(rs)

Sou Historiadora, já viu que nada me leva aos quadrados geométricos, cubos, etc... Entende?(rs)Gosto de ler você.

Fica bravo não, tá?

beijos,

19 outubro, 2006  
Anonymous sofia said...

Para responder ao "WAPTE" e desfazer o equívoco... Portugal não é banhado pelo mediterrâneo, mas sim pelo Oceano Atlântico, tal como o Brasil!!!!
Em relação ao bacalhau que comemos cá em Portugal.... realmente o bacalhau é importado, essencialmente da Noruega, mas também de outros países nórdicos...

20 outubro, 2006  
Anonymous Anônimo said...

Boa noite para todos.
Adorei o blog, é excelente e as pessoas são muito simpáticas.
Sou brasileira porém minha avó era filha de português, nascido em Coimbra.
Eu adoro bacalhau!
Segue um link interessante sobre o bacalhau:
http://www.bacalhau.com.br/homepage.html
Um abraço para todos e lindo domingo
Perrenelle.

02 fevereiro, 2008  

Postar um comentário

<< Home