quinta-feira, abril 20, 2006

A próxima é o Palácio do Planalto

Os bandidos do Rio de Janeiro só não invadem o Pentágono por que ele não fica na cidade maravilhosa. Dez homens fortemente armados invadiram a sede da Prefeitura do Rio de Janeiro na manhã de domingo passado e renderam funcionários e guardas municipais que faziam a segurança. Queriam levar dinheiro dos caixas eletrônicos que ficam no prédio. Conseguiram arrombar apenas dois caixas do Banco do Brasil. Os ladrões ousados renderam o guarda que estava na guarita e o levaram para a sala de plantão. Lá o forçaram a chamar os outros guardas para a sala. A medida que iam chegando, eram rendidos e amarrados com lacres de plástico.Levaram também celulares, um spray de pimenta, uma rádio-transmissor, uma farda da Guarda Municipal e uma moto dos guardas. Se esqueceram de levar o prefeito que não faria falta alguma.

16 Comments:

Blogger Lenise Souza said...

Onde serà que vamos parar!
Fico aflita de pensar em qual mundo meus filhos vivirao...

Lenise

20 abril, 2006  
Blogger Arthur Petrillo said...

Vc é um bom jornalista....

Mas eu acho que o pentágono num é tããão infalível assim não...

rs...

Abraços!!

Visite o "No close pro fim"... texto novo!!

20 abril, 2006  
Blogger Moacyr Rodrigues said...

bela irônia ... mas triste, triste ...

20 abril, 2006  
Blogger Moacyr Rodrigues said...

Marco ... logo quando você entrar no blogger, após logar, procure por "adsense" e siga o passos ... o cadastro é bem simples ...

Ao se cadastrar pelo blogger na área que você modifica o template (modelo) tem uma aba chamada adsense ... isso permite que você insira os anúncios do google lá ...

ou vá em www.google.com/adsense

qualquer dúvida pode me mandar um email ... valeu

20 abril, 2006  
Blogger POLÍTICA EM DEBATE said...

Rpz, no Rio os bandidos mandam e desmandam e os governantes fazem de conta que governam e afirmam, qdo o "caldo entorna" que tem os bandidos sob controle...eh ruim de acreditar.

Obrigado pelo coments no politicanaweb!!!

20 abril, 2006  
Blogger POLÍTICA EM DEBATE said...

Aqui em Teresina, a criminalidade estava crescendo bastante, ate que o ultimo secretario estadual de segurança implantou o pgm "Boa noite Teresina", onde de dom. a quinta bares e restaurantes ficam abertos ate 1hora da manha e sestas e sabados ate as 2horas da manha. A criminalidade caiu bastante. Aqui se pode fazer festas após este horario pre-determinado, mas o estabelecimento tem que apresentar um projeto de segurança para garantir a vida de seus frequntadores. No inicio o pgm recebeu ataques, principalmentes dos mais jovnes, mas hj eh elogiado em toda a cidade

aparecerei sempre.
flws

20 abril, 2006  
Blogger Max Borges said...

Olá Marco:

É uma piada o que está virando no país não só no que se refere à segurança pública, mas esse é sem dúvida um dos maiores deles. O pior é que a única certeza que temos é que a tendência é de aumento da criminalidade, somada a impunidade.

Quanto ao Planalto os bandidos não entram lá, pois com certeza tem morrem de medo de serem assaltados!

Grande abraço

Max Borges

Continue prestigiando o Blog http://riograndepod.blogspot.com e também escute o Podcast quando tiveres tempo
http://riograndepod.vocepod.com

20 abril, 2006  
Anonymous Marcos Pontes said...

Quando postei sobre isso, perguntei qual seria a próxima invasão dos donos do Rio, hoje você me respondeu, só que hipoteticamente. De fato eles farão uma outra grande ação, talvez na governadoria.

20 abril, 2006  
Blogger asn said...

Obrigado pela visita, Marco!
Deixei um comentário ao seu comentário sobre a informação que tinha no meu blog sobre a Varig.
O problema é sério e tem várias abordagens. E claro, voçês aí no Brasil hão-de ter muito mais sensibilidade para o assunto que o resto do pessoal por esse Mundo fora!
António

21 abril, 2006  
Blogger cemremos said...

Oi. Muito Obrigada pelos comments, sempre muito amáveis. O meu nome é Rute...
Abraço.

21 abril, 2006  
Blogger Carlos Ponte said...

Aí como cá. Os nossos ladrões também só não roubam aquilo que todos nós gostaríamos que nos fosse roubado.Passeiam-se pelos passos perdidos dos nossos palácios muitas pessoas que apenas delapidam as esperanças de todo um povo. É o nosso fado!
Saudações desta parte da nação.
Irmanados também pela desgraça, fiquemo-nos com as palavras do poeta:
"...
Guitarras e sanfonas
Jasmins, coqueiros, fontes
Sardinhas, mandioca
Num suave azulejo
E o rio Amazonas
Que corre Trás-os-Montes
E numa pororoca
Desagua no Tejo
..."

22 abril, 2006  
Anonymous Mar said...

Eu sou da opinião que deveriam levar o prefeito e forçar o mesmo a renunciar. A profissão de bandido parece que não evolui mesmo. É bang depois o quadrado.. e sempre a mesma história.

22 abril, 2006  
Blogger Mar said...

Ainda a história. É.. com algumas janelas abertas na net e outras aqui em casa, lendo o jornal último segundo, adivinha o que vejo? -a involução viva da espécie humana. Conta a história que a familia foi criada para a humanidade começar a se comportar com mais discrição. Isso que estou vendo.. well.. que tipo de animal mesmo que faz esse tipo de coisa ? http://ultimosegundo.ig.com.br/materias/cultura/2348501-2349000/2348810/2348810_1.xml -melhor deletar esse link porque.. a mídia já não sabe mais o que diz e o que fotografa.

22 abril, 2006  
Blogger João Gaspar Rocha said...

Os bandidos estão tomando conta de tudo.Acho que a polícia deveria ser mais ativa.

22 abril, 2006  
Blogger Carlos Ponte said...

Será que não achou oportuno o extracto de "Tanto Mar", caro Marco Aurélio? É que me pareceu ver uma ténue ironia nas suas palavras...
Devo estar equivocado!
E se falássemos antes em "achamento" como fez Pêro Vaz de Caminha em vez de "descobrimento"? De qualquer modo não podemos, ou, pelo menos, não devemos, analisar a empresa dos descobrimentos dos séculos XV e XVI com os olhos do século XXI. Estaríamos, penso eu, a desvirtuar um feito que, com todas as ignomínias que lhe possam ser apontadas, foi, com efeito, uma espantosa realização da humanidade. E já agora porque não considerar esta empresa como Camões o fez? Não propriamente descobrir mas "dar novos mundos ao mundo", o que seria uma descoberta recíproca.
Pense nisso!
Um abraço

22 abril, 2006  
Blogger Carlos Ponte said...

Errata: onde se lê "Tanto Mar" deve ler-se, claro está, "Fado Tropical". Desculpe o engano!

22 abril, 2006  

Postar um comentário

<< Home