terça-feira, abril 11, 2006

O caso Richthofen

Suzana Von Richthofen, presa por participar junto com os irmãos cravinhos, do assassinato dos próprios pais, foi capa da Revista Veja desta semana e concedeu uma entrevista ao programa Fantástico da rede “Bobo” . Seus advogados sugeriram à jovem assassina que mentisse e simulasse choro durante a entrevista. A farsa foi descoberta porque, durante a entrevista, um microfone na blusa de Suzane captou as orientações de seus advogados sobre como ela deveria se comportar na frente das câmaras. À revista Veja, disse sentir saudade dos pais, Manfred e Marísia. A fraticida afirmou ainda que seus pais eram os “melhores do mundo”. Vale lembrar que os pais foram mortos a golpes de barra de ferro enquanto dormiam. Ontem à noite foi presa novamente e está onde nunca deveria ter saído. Foi patético ver aquela farsante vestida com uma camisa rosa com a estampa do Mickey e pantufas dizer que estava arrependida. Vi um psicólogo forense afirmar categoricamente que ela é uma pessoa “normal”.
A loira crápula disse à Veja :
”Quero minha vida de volta” .
Parece brincadeira. Manfred e Marísia também devem querer !

15 Comments:

Blogger Israel Costa said...

É .... normal é meu cachorro que come cocô pensando que é chocolate ...
Ela é assassina de quinta!!!

Na entrevista ela disse que tinha medo da reação das pessoas na rua, queria que o povo tivesse peninha dela ...

O ódio da população duplicou!!

Aguardemos até o dia do julgamento!

Abraços caro Marcos!

11 abril, 2006  
Blogger Moacyr Rodrigues said...

Pois é ...

Há uma discussão sobre a ética dos advogados. A OAB está analisando se o advogado o quebrou.

Fico pensando. Será ? Não foi crime porque nenhuma lei especifica isso. O advogado tem todo o direito de orientar seu cliente. Creio que neste ponto ele deva fazer seu cliente mentir.

Agora, há um limite. Muitos se aproveitam de seu poder de argüição, de dissimulação para obter proveito. Seja, na vida social, ou pior, dos seus próprios clientes.

Lembro que, na minha opinião, a OAB não é flor que se cheire. Há muitos bem intencionados, mas outros ... hummmm ..

11 abril, 2006  
Blogger Carmen said...

Eu não estou aqui pra julgar. Deixo isso aos magistrados, advogados, júri e afins. Eu quero mesmo é entender como é que funciona a cabeça de uma figura dessas. Fico até pensando se estamos mesmo imunes a esses comportamentos que consideramos tão atrozes. E tenho um palpite de que todo mundo aqui tem um pouco de Suzana em si...

Nossa veemência ao condená-la é pra mim uma prova que estamos não apenas reafirmando a ética (ou moral?) da nossa sociedade, mas também tentando - falsamente - nos diferenciar, criando a ilusão em nós mesmos e nos outros de que nunca faríamos o que ela fez. Será?

11 abril, 2006  
Blogger Carmen said...

UM ADENDO

Não estou defendendo a Suzana. Não sou a favor do assassinato (nem se for do Bush!). Só acho importante a gente entender a cabeça desses que consideramos aberrações. O que não significa que não precisemos trancafiá-los em prol do bem comum.

Digo isto antes que os apressadinhos de plantão venham dizer que estou defendendo o parricídio. Não, senhores apressadinhos, não abandonei a ética!

11 abril, 2006  
Blogger Falkinho said...

Ela merece permanecer pelo menos 200 anos na prisão poque a mae e o pai pode ser o que for mais jamais devemos esquecer que eles nos colocaram no mundo!!!!!!!

11 abril, 2006  
Blogger Editor said...

Como sempre, ótimos temas e discussões!

claro que ode linkar, no meu língua e literatura vcs já estão linkados.

11 abril, 2006  
Blogger Provocador said...

A falsidade comeu!!!
Uma vergonha sem medida...
Existe o devido processo legal, e acho que ele deve ser seguido para diminuir a probabilidade de erros, mas em alguns casos.... tem q mandar o fuzilamento logo...

11 abril, 2006  
Blogger Alan said...

Marco, é incrível como nossa sociedade só dá valor as coisas erradas da vida. Vejo, com uma timidez terrível em meus olhos, o quanto àquela encenação barata foi uma tentativa de chamar-nos de imbecis. Suzane é só mais um, entre tantos males sociais, que acredita na impunidade e no esquecimento. Com essa nova lei a para relaxamento da pena para crimes hediondos, ela ainda vai ser beneficiada. Suzane é um monstro da nossa própria criação, é o mal social que nos assombra. Ainda assim, há aqueles que a defendem...isso me enoja...

11 abril, 2006  
Blogger EAUG said...

É, precisou a televisão fazer uma matéria pra verem que ela deveria ter continuado presa. Caso ela continuasse solta, matar os pais daqui a pouco ia se tornar algo comum e sem punição. Nesse ponto a justiça tardou e não falhou. Tomara que nesse caso ela não falhe mais. abraço

11 abril, 2006  
Anonymous QUEIROZ said...

QUE A JUSTIÇA SEJA FEITA!!!

Mas aí tenho um recado p/vc Marco e p/os frequentadores do seu Blog

"Ano de eleições resolvi testar o lado eleitor do povo que visita o “Escritos”. Bem o critério de escolha, foi p/lá de pessoal e pode ser que o povo não entenda, a escolha dos candidatos. Mas, enfim acho justo competirem As mineiras e a Luma como Melhor Blog, pois apesar de ser um blog coletivo e outro individual, se equivalem em qualidade. Será uma boa disputa. Bem, na disputa dos Flogs fiz diferente. Resolvi criar um duelo entre uma famosa e uma anônima. Bem de um lado a cantora xodô das adolescentes de piercing, Pitty e do outro a niteroiese, sangue bom, minha amiga Wanny. Cabe a vcs visitar os flogs e avaliar qual é o mais interessante. Site de Melhor Banda, levanta a questão que é: Será que a banda que é considerada uma das melhores na atualidade (Los Hermanos) tem um site melhor que a Campeã de Melhor Site no VMB (Mop Top)? Então boa votação atééééé 11 de junho."

11 abril, 2006  
Anonymous Fernanda Machado said...

Ainda bem que esta menina resolveu dar as entrevistas para a Veja e a Rede Globo, pois assim foi novamente decretada a sua preventiva.

Ela tentou se fazer de ingênua, mostrando que está abandonada pela família... Mas o que ela queria?

Se pretendia manipular o júri que vai julgar o caso, se deu mal. O tiro acabou saindo pela culatra: só serviu para reascender a revolta da população.

11 abril, 2006  
Anonymous Juliana Schiavo / 8° said...

Eu peguei a entrevista no final..nem tive a oportunidade de ver naum...e inda bem pq eu naum aguento falsidade!!!...mais eu vi q ela tava com uma blusinha rosa meio q fingino de inocente...aiiii q raiva!!!...heheh!!

Isso Marco Aurelioo...axo mto legal de sua parte colocar essas reportagens no seu blog...mto interessante!!

Bjossss

11 abril, 2006  
Blogger gfgfgfggf said...

Realmente em casos extremos como o dela, a mídia tem um papel importante de desmascarar toda a trama teatral montada para comover a sociedade em entrevistas em veículos de divulgação nacional usado pelos advogados, que não tiveram nem a competencia suficiente para manter a incenação às escondidas, desmascarada ela volta a cadeia e certamente o júri irá condená-la por este crime de extrema covardia!
Cadeia nela!

11 abril, 2006  
Blogger Almir Amarante said...

Nada tenho a acrescentar sobre o caso Richthofen, mas nestas últimas semanas alguns fatos me chamaram a atenção. Na semana passada, quando o “bafo” ainda era o documentário do rapper MV Bill, vi em alguns telejornais que estavam investigando a “suposta” (escrevi entre aspas porque é esta a maneira que os veículos de imprensa usam esta palavra para “amantegar” os fatos comprovados como o “suposto esquema do Valérioduto”). Bom, isto é para outra pauta, voltando à “suposta” omissão de crimes, entre eles o seqüestro. Lembrando, crime inafiançável. No dia que vi isso pensei:
-Vai dar merda!
Mas então milagrosamente apareceu o caso Richthofen, tão complicado quanto a pronúncia do sobrenome para desviar as atenções. Aí eu mesmo me pergunto:
-Ah! Então isso seria tudo conspiração da Globo para abafar o caso?
Respondendo minha pergunta acho que não, apesar de achar que a Globo em matéria de escrúpulos mataria até os pais da Suzane Rissstofen.(Sic dixit Cristiane Pelajo) por um furo de reportagem. Mas acho que não só a Globo, mas a imprensa em geral está tirando proveito disto tudo.
Quanto ao fato da garota ter simulado choro, colocado pantufas de bichinho, carinha de anjo, qualquer um seguiria as instruções dos advogados. Aqui neste blog, acredito que nenhum de nós passaria por isso, mas digamos que se por acaso fossemos pegos dirigindo bêbados ou alguns desses delitos como fumar unzinho, etc. Sempre temos um podre se buscarmos do fundo do baú. (Se você não conseguiu achar nenhum, meus parabéns seu chato!). Então, voltando. Se por acaso algum de nós, se for parar na cadeia, vai seguir à risca o que o advogado disser, assim como o paciente fica à mercê dos médicos no hospital.
Acho que a moça deve ter um julgamento justo, bem como seus cúmplices. Seu julgamento a meu ver já é injusto pelos advogados dela que pouparam o trabalho da promotoria e ainda contam com o poderoso auxílio da imprensa que tenta provar que Suzane Richthofen matou os pais de cada brasileiro.

12 abril, 2006  
Blogger sniper said...

tudo que eu tenho a dizer é:
"isto é uma vergonha!!"

12 abril, 2006  

Postar um comentário

<< Home