quinta-feira, junho 15, 2006

Borges, Joyce e Rosa

Ontem fez 20 anos que Jorge Luiz Borges morreu e amanhã é o Bloomsday. Dia em que leitores aficionados de James Joyce comemoram o dia onde toda a ação do livro Ulisses se passa. Mais de 800 páginas sobre um único dia na vida de Leopoldo Bloom, sua mulher e alguns de seus amigos. É dos meus livros preferidos. Ler Joyce pode ser frustrante. Muitos param no meio do caminho. O livro tem quase 20 partes, sendo que em cada aparece um tipo de narrativa com umas dez técnicas diferentes, sem falar nas citações que mostram a vasta cultura de seu autor e as alusões históricas, mitológicas e escambau. A meu ver temos aqui no Brasil uma obra equivalente. Grande Sertão: Veredas, que aliás está fazendo 50 anos. Nem tudo no Brasil é futebol. Viva Guimarães Rosa!

4 Comments:

Blogger Futebolemanha said...

GRANDE SERTÃO: VEREDAS E VIDAS SECAS, ELEITOS POR MIM, OS MELHORES LIVROS BRASILEIROS QUE LI.
LI VIDAS SECAS A 25 ANOS ATRÁS E VEREDAS A 23 ANOS. PRECISO RELÊ-LOS.
NO ENTANTO, NÃO OS TENHO MAIS.
TEM NA INTERNET?

UM ABRAÇO

15 junho, 2006  
Blogger Alex Manzi said...

Salvo engano de minha parte, ainda está em cartaz um filme baseado na obra mais famosa de Joyce. Acho que se chama Bloom.

Amplexos literários.

(isto é que é informação precisa)

16 junho, 2006  
Blogger Rose said...

Ainda bem, senão o que seria de mim que não gosto de futebol?

Se bem que tb não gosto de tv.

Abraços Marco Aurélio.

16 junho, 2006  
Blogger ariadne said...

Nonada.

Viva!!!

18 junho, 2006  

Postar um comentário

<< Home