segunda-feira, junho 12, 2006

Kapitän 171, das Fälscher.

O Ministério Público da Itália pediu a prisão por nove meses de Cafu, lateral da selecinha, por envolvimento na falsificação de documentos para a obtenção de passaporte e de cidadania Italiana. Cafu foi tranqüilizado por seu advogado Italiano:
"Não vai dar em nada,Pode ficar tranqüilo".
Debochado, o capitão que infelizmente nasceu no mesmo pais que eu, fez uma chacota sobre a situação:
"Já pensou? Em vez de participar da Copa, ter que ver da cadeia?", disse aos risos.
Ele e seu advogado macarrão de porta de cadeia estão achando que a Itália é igual ao Brasil. Espero que não seja. Mãos ao alto. Até na seleção!?

12 Comments:

Blogger Rose said...

Não chega os brasileiros aprontarem aqui dentro, ainda sujam nosso nome lá fora.

Se bem que tem alguém bem mais "qualificado" que um jogador fazendo isso.

abraços

12 junho, 2006  
Blogger Sangue de Barata said...

Opa, vim dar uam olhada no teu blog, já que vocÊ "achou" o meu. Bem legal so temas...
Aliás, como você conheceu o sangue de barata?
Abs,
Thiago

12 junho, 2006  
Anonymous Fred linhares said...

Já tão pagando pau. Vejam:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/esporte/ult92u103302.shtml

12 junho, 2006  
Anonymous Catita said...

Oi Marco eu nao vi nao... pq ele pediu um minuto de silencio?

12 junho, 2006  
Blogger Vander said...

No blog do jornalista Noblat tem uma versão interessante sobre o caso:

"Aí, tem...

Por que somente hoje vazou para a imprensa italiana a notícia de que a Promotoria de Roma pediu a prisão por nove meses de Cafu, acusado de falsificar documentos para obter a cidadania naquele país? E que pediu também a prisão da mulher dele, Regina Feliciano? Logo agora às vésperas da estréia do Brasil na Copa da Alemanha?

Se não foi para perturbar Cafu a menos de 24 horas do jogo contra a Croácia, perturbará mesmo assim."

12 junho, 2006  
Blogger Vander said...

Aliás Marco, você conheçe o professor Francisco Dutenhauffner? Eu tive aula com ele de uma olímpiada de matemática aí na UFMG a alguns anos. E meu pai também teve aula com ele, quando fazia física aí na UFMG.

12 junho, 2006  
Blogger Blog do Rodrigo said...

Marco, parabéns pelo seu blog, e obrigado pelo seu comentário, voltarei a visitá-lo com freqüência, até mais!

12 junho, 2006  
Anonymous marie said...

Infelizmente, há muita gente vivendo com pouca seriedade!

Parabéns pela tua vitória pessoal!... Partilharemos as nossas conquistas! Obrigada pela força!

Um abraço de Portugal

12 junho, 2006  
Blogger Kafé Roceiro said...

É, meu amigo,
O cara tá achando que crime é impune em todo canto?
Cafu cometeu um crime grave de falsificação de documentos, inclusive jogou a mulher no meio como se ela direito a requerer a cidadania italiana. Lá o que vale é o "jus saguini", o direito ao sangue. Direito de parentesco. Falsificou documentos como se a mulher tivesse descendência italiana. Tomara que leve "ferro" mesmo. Brasileiro, ainda mais quando ganha uma graninha boa acha que pode sair comprando todo mundo. Que se ferre pra deixar de ser besta.
abraço,
Kafé.

12 junho, 2006  
Anonymous Davi said...

Pois é, o negócio tá feio pro lado dele.
Mas vamos esperar...
Valeu pela visita, interessante teu blog.
Manteremos contatos
Abraço
Davi

12 junho, 2006  
Blogger Giallo said...

Se vcs estão achando que o a Italia é muito diferente do Brasil assistam esse filminho em flash:

http://www.infonegocio.com/xeron/bruno/italy.html

13 junho, 2006  
Blogger WAPTE said...

O Cafu sempre foi um marginal. Pede cidadania no país dos outros e como entrada falsifica documentos?. Além de marginal, não joga nada. É burro como uma porta. Dá aquelas disparadas loucas, vai até a linha de fundo e faz um cruzamento pífio. Além disso deixa os seus companheiros sem proteção. Na cadeia, a "peste 171" ajudaria mais o Brasil. Eu que não torço para a seleção brasileira, gostaria que ele ficasse e não entrasse o Cicinho, pois o Caú não joga nada. Nunca jogou. Apresentem alguma partida da seleção em ele se destacou?

17 junho, 2006  

Postar um comentário

<< Home