segunda-feira, setembro 25, 2006

Yamaha RD 350

Esta moto é um dos ícones da década de 70. RD 350 “Tampa de Caixão”. O apelido é pelo fato dela acelerar muito e como tinha freio a tambor era quase impossível pará-la.Muitos morreram por isso. Daí alcunha. Esta da foto já tinha freio a disco. Modelo 1973 . Acho-a linda. Foi um de meus sonhos materiais da adolescência. Na arrancada ela "faz" muitas motos de motor quatro tempos de 750 cilindradas. Vi isso várias vezes no alto da avenida Afonso Pena, aqui em Belo Horizonte. Ainda vou ter uma de preferência igual a essa só que verde musgo.Babem amigos!

10 Comments:

Blogger Santa said...

Bom revival!

Bjs

25 setembro, 2006  
Anonymous Iuri said...

Que camelão é esse Marco Aurélio???
To zuando cara
bacana essa moto,não fragava esse apelido dessa moto,sempre vi dela e nunca pensei que ela tinha um apelido desse, com umas coisas dessas é que agente reconhece que não sabe nada,q estamos aprendendo cada dia mais!

Abração cara qualquer dia desses vou acabar com vc na sinuca huhauahuha
como se eu tivesse a manha de jogar!
Que Deus te abençoe!

26 setembro, 2006  
Blogger WAPTE said...

Pô Marco Aurélio,você está sem assunto?. Aqui em Goiãnia só tem moto. Eu tô de saco cheio delas. Tem 130.000 numa população de 1000.000. A cada dois dias morre um motoqueiro aqui de acidente. Você viu que esse assunto não dá IBOPE mesmo. Tem dois dias que você postou o assunto e~só entraram dois caras. Eu entrei só para não ficar sem falar com você.
A propósito você se lembra quando eu dizia que se ficasse louco um dia, o que eu ia fazer?....Falei com o Almir hoje por e-mail.

26 setembro, 2006  
Blogger Marco Aurélio said...

Pai

Rachei de rir destes comentários. Claro que
me lembro sobre o que você falou sobre se pirasse. Dizia que se ficasse louco um dia, subiria num prédio com um FAL e pipocaria os motoqueiros lá de cima.Mesmo assim me deu uma "motoquinha" quando tinha 12 anos. Eu tava "otário" de motos e te enchi o saco lá em valadares até conseguir. Tem um tempo que não falo com o Almir. Quem diria. Fiquei sabendo que ele vai para o exterior pelo jornal. Não sei o que está acontecendo.

Valeu.

27 setembro, 2006  
Blogger WAPTE said...

Se eu ficar louco, primeiro eu "pipoco" aquele cara que fez uma cirugia para desentupir o intestino,porque há quantro anos não fazia bosta nehuma. Depois eu subia num prédio e me transformaria num "serial killer" de motoqueiros. Eu dei a você a motoquinha sem querer. Também você vivia me pedino festas de "dancing days", cavalos, roupas de Mickey. Ninguém agüenta o "Zé do Curió".

27 setembro, 2006  
Blogger Marco Aurélio said...

Pai

Talvez nem precise ser tão louco assim precisa para "pipocar" aquele molusco que fez a cirugia de desentupimento do intestino. Acho que vai ficar oito anos sem fazer bosta nehuma. Agora está na hora de você me pedir coisas. Que tal?

27 setembro, 2006  
Blogger João Flávio Resende said...

Marco,
Verdadeira jóia. Não sou fã de motor dois tempos, mas essa aí... Até arrepia!
Abraço.

28 setembro, 2006  
Anonymous elline said...

Quanta coincidência!!Acabei de adquirir minha carteira de habilitação categoria A.Legal essa postagem.
beijos!
Elline

28 setembro, 2006  
Anonymous Anônimo said...

Belesa cara
Meu eu gostei de saber que vc adora moto antiga ,assim como eu.
Pois sou fanatico pela RD350
tenho uma ano 90.
Cara ela é dimais , anda muito e mesmo com freios a disco duplo dianteiro e um trazeiro ;Ela continua andando se voce estiver a mais de 160 por hora ,uma loucura.
Eu aqui em SAMPA a chamo de viuva negra.
Valeu carinha, fica ai meu abraço e te digo mais , gostei de sua PG .

15 outubro, 2006  
Blogger Marco Aurélio said...

Pai você não viu! comprei uma dessas há uma semana! se estivesse aqui, ainda que de longe, iria me xingar até! sempre que falava com você por aqui, respondia! Um dia ainda aprendo a lidar com a frustração de você não poder me responder...

14 janeiro, 2013  

Postar um comentário

<< Home