quarta-feira, maio 10, 2006

Irã - A bola da vez

Grande parte da população mundial está preocupada com o Irã por causa do preço do petróleo e não ligam para o perigo de um incidente nuclear. Quem importa, se preocupa com a possibilidade da construção de armas atômicas e não com um ataque dos “donos do mundo” contra a antiga Pérsia.
Mais uma vez os Estados Unidos manifestaram uma indisposição para resolver a crise de maneira diplomática. Rejeitaram uma carta enviada pelo presidente iraniano para tentar dialogar sobre a crise. A carta foi a primeira comunicação direta entre um líder iraniano e um presidente norte americano desde 1979. Na época, os dois países cortaram relações diplomáticas. Um ataque terrorista de Israel ou dos EUA contra as usinas nucleares Iranianas, pode causar uma catástrofe nuclear, já que propagaria a radiação por todo o Oriente Médio. A comunidade internacional não pode permitir isso. A radiação não conhece fronteiras geográficas.
O presidente do Irã ameaçou cortar as mãos de quem planejar atacar o Irã. Já George WC, cover do hitler Bush, não descartou uma intervenção militar no Irã. Se fosse um cara maquiavélico, torceria por um conflito no Irã. Se a situação ficasse parecida com o Iraque de hoje, seria a derrocada financeira dos EUA e a queda de Bush. Como não sou, espero que tudo se resolva de maneira diplomática. Infelizmente não é a primeira vez que tocamos neste assunto e provavelmente teremos de falar nele novamente.

Saiba mais sobre a crise nuclear com o Irã

25 Comments:

Blogger Vera Fróes said...

Marco, onde tem petróleo, Bush quer conflito para poder ficar de "dono" do pedaço. Eles se acham os donos do mundo. Vi a Condoleeza ameaçar os governos populistas da América Latina, que se eles não forem pela cartilha deles vão tomar providência. Porque eles não ameaçam a China, que vive passando por cima dos direitos humanos? Não gosto de dois pesos e duas medidas.

No dia 6 fiz uma homenagem a o Freud tbm.

Bjos.

10 maio, 2006  
Blogger Dedo Indicador said...

TODOS CONTRA A VERGONHA!...
Já tivemos um, seremos de início dez, depois cem e após mil, um milhão ...
Divulgem... Luto Nacional

10 maio, 2006  
Blogger WAPTE said...

Toda vez que o Bush está mal das pernas nas pesquisas e ameaçado até de perder o cargo, ele inventa uma "guerra" para ganhar popularidade. Foi sempre assim. Não há nada contra bombas nucleares, já que os EUA fizeram um pacto de amizade e apoio mútuo com a belicosa India que possui engenhos nucleraes e está sempre ameaçando bombardar o Paquistão que também tem a bomba. Israel possui bombas nucleares, e não existe povo mais belicoso, mais imperialista no mundo que o israelense. Aprenderam bem as técnicas hitlerianas e hoje aplicam nos Palestinos. Tudo no mundo não passa de uma farsa. Se quiserem acabar com todas as armas nucleares do mundo, tudo bem. Mas se quiserem deixar estas armas só na mão de um clube selecto que visa dominar o mundo econômica e militarmente então sou contra o desarmamento. Não podemos ficar à mercê das pesquisas de opinião nos EUA. O povo americano é belicoso, ultra nacionalista e imperialista. Acham que são os melhores do mundo.
Com um mundo tão canalha, fico pensando se vale a pena sobreviver. É claro que para nós vale. Estou pensando é na vida miseravel que tres quartos da população do mundo vive. Tem mais um detalhe. Os EUA são muito covardes. A Coreia do Norte tem bomba nuclear e continua produzindo e fazendo testes. Não é só suposição como no caso do Iran que ainda não tem o artefato. Porque os EUA não agridem e "libertam" a Coréia?.Porque teria em cima dele a China, as duas Coréias, os dois Vietnam e a China e a Coréia do Norte têm muitas bombas. A propósito, existem dois tipos de bombas: uma baseada na fissão e a outra na fusão. Vocês sabem a diferença?.

10 maio, 2006  
Blogger samurai said...

De um lado Grã-Bretanha e França apoiando os USA . Do outro China e Russia com poder de veto, são contrarios as sanções ao Irã. Bush - cada vez mais messianico - chama o presidente do irã de novo adolf hitler. Parece inclusive, que tem um projeto para lançar uma bomba contra as centrífugas de Natanz. Interessante é que segundo os fabricantes o "artefato" pode ser fabricado com uma ogiva de baixa radiação o que - veja só - poderiam manter controlado o numero de baixas na casa dos milhares...

Alessandro

10 maio, 2006  
Blogger Rose said...

Marco Aurelio,

Cada um com suas bombas, nucleares ou não.

Mas quem fou que elegeu os EUA donos do mundo?

abraços

10 maio, 2006  
Blogger LUCIANA KAKUMU said...

passarei por aqui sempre que puder.

10 maio, 2006  
Anonymous Mércia said...

Espero que o diálogo entre os povos ainda seja o usado pela diplomacia e não pela linguagem do terrorismo!
Bjos...linda quarta!

10 maio, 2006  
Anonymous Jana said...

Esperamos todos que o Bush não enfie a mãos pelos pés novamente...

E quando ao namorido ler o meu post, ele não lê o blog, sabe da existência... Mas é o que chamo de ignorante virtual, nem chega perto de computador, nem email tem!!! hahha

Beijos

10 maio, 2006  
Anonymous Dani Fagundes said...

Nossa é um assunto tão delicado...
Acho esse povo todos uns doentes, não acho o presidente do Irã tão diferente assim do Bush, aliás, acho que quem está no poder já está podre, corrompido... Um velho professor meu já dizia "O poder corrompe as pessoas" e quem paga são as pessoas comuns, com ameaças de aviões no local de trabalhos, bombas em ônibus e agora a bomba nuclear...
Vamos todos torcer, rezar, para que eles se entendam, pacificamente!
Bjs

10 maio, 2006  
Anonymous Dani Fagundes said...

Errei o link...

10 maio, 2006  
Blogger Rui M S Ferreira said...

Olá!

Estamos perante um cinismo arrepiante. O Irão necessita de centrais nucleares quando é uma das potências petrolíferas do mundo??
Ahmadinejad lidera um governo de fundamentalistas que querem provocar o mundo pelas suas maiores fraquezas - o petróleo e a a ameaça nuclear nas mãos de loucos.
Por muito má que possa ser a administração Bush, eu por questões éticas e porque sou um democrata, não posso defender a posição de um louco extremista como o é Ahmadinejad. E, vamos fechar os olhos ao que se passa no Irão? E, caros amigos, fecharíamos os olhos , também, ao que se passou no Iraque do ditador Saddam?
A minha cultura que tem como valores maiores a democracia e a liberdade, pelas quais tanto lutou não pode fechar os olhos.Por um mundo melhor, porque por muitos erros que possam existir aqui em Portugal ou nos EUA, eu tenho a certeza que aqui sou mais eu, posso fazer opções, posso pensar, sou mais feliz do que seria no Irão.
A história, parece querer repetir-se novamente...

10 maio, 2006  
Blogger jctunes.blogspot said...

Estamos novamente diante de um grande problema mundial, mais uma crise.Esperamos que prevaleça o bom senso e seja resolvida pacificamente.

10 maio, 2006  
Anonymous Juliana Schiavo / 8° série said...

Acho q esses "donos" do mundo estao rejeitando o que poderia vir a resolver um "probleminha" q esta acontecendo!Estao sempre querendo ser os "fodões" do mundo q vao acabar resolvendo esse problema da pior maneira possivel..!!
Tbm fico na espectativa para q nao termine com conflitos!!
O país esta precisando de PAZ...começando pelos "fodões"...q como se acham os "donos" do mundo tinha q passar pelo menos algum exemplo para os outros países q nao chegam a tanto!!

10 maio, 2006  
Blogger WAPTE said...

O Irã (Irão?) foi sempre um país que esteve sob o tacão dos imperialistas estrangeiros. Começou com "Alexandre, o Grande" que não era grande nem em em tamanho e nem em outras virtudes porque era um assassino cruel e tirânico. Depois vieram os romanos, depois os turco-britânicos. Agora que o país é independente, vêm os democratas europeus e americanos: querem destruir o país. Os EUA são um povo belicoso e covarde. Não tem nada a ver com bomba nuclear. Os EUA mantém acordo com Israel que tem bombas e com a India país que quer colocar seu imperialismo a subjugar o Paquistão que também tem bomba. Nesse século passado e no atual não tem um só ano em que os EUA não invadiram uma outra nação soberana. Ainda agora, o mesmo país que não assinou o protocolo de Kyoto, está preocupado com a Amazonia. Logo chegará a nossa vez. Não basta o que já fizeram com o nosso pobre país o imperialismo português. Levaram nosso ouro, devastaram nossas florestas, massacraram nossos indios. São muito democratas os portugueses. Deve ser realmente muito bom morar num país que teve um Salazar por tantos anos. Um pais colonialista e cruel e submisso à Inglaterra, a quem nos fez submeter também. Mataram nossos patriotas.É preciso falar da Escravidão?. Será que era para manter a democracia deles.? Estou farto deste tipo de Democracia que implantaram no Iraque. A Democracia da Morte. Certamente no caso de uma invasão do Irão!?, os portuguese também mandarão suas tropas para ajudar as nações imperialistas a sufocar a librdade de um povo livre e soberano. Deixemos o Irão em paz. Condenemos a atitude dos EUA, os respeitadores dos direitos humanos que têm pena de morte para crianças, que participaram do massacre de May Lai, que tem as prisões com tortura em Guantânamo, em que até 1964 tinha segregação racial oficial e havia banheiros para brancos e negros.Que tem uma organização criminosa, a CIA que tem licensa oficial para assassinar pessoas no mundo todo?. Chega. Por último mas não menos importante, cada um que viva no país que ache melhor. Mas que deixem os outros viverem no seu a sua maneira. Outra coisa a cultura européia não tem nada de democrática.

11 maio, 2006  
Blogger João Flávio Resende said...

O velho Bush não aprende mesmo...

11 maio, 2006  
Blogger Wilma said...

Marco Aurélio, passei só para agradecer seu comentário mas tenho deixado comentários aqui no seu blog bem mais que postado no meu. Realmente estou sem muito tempo, pois postar pra mim que sou meio fraca nesta tecnologia, às vezes costuma levar horas porque ou a foto não publica ou tenho que republicar todo o post e aí fica tudo fora do planejado. Breve postarei. Beijos.

11 maio, 2006  
Blogger Arthur Petrillo said...

Olá Cara... Quanto mais eu leio seus textos mais eu vejo como você é um bom jornalista e entende de atualidades, etc... É bacana pq vc abre o leque para as discussões, ou seja, lança o tema. Eu não sirvo para relatar um fato, pois imediatamente já me vejo fazendo as análises e assim o acontecido vai pro beleléu! Quanto ao assunto, eu já cansei de falar. Isso é perigoso pacas... Triste, porém real. Acho que um Michael Moore, por exemplo, de tanto que fala nisso virou um chatão cocozento... Mas... é corretíssimo.

Bom, é isso... Sempre que eu puder, eu dou um pulinho aqui...

Me visite também!

Abraço,

Arthur

11 maio, 2006  
Anonymous Daniele said...

Oremos pra q tudo se resolva diplomaticamente.
É oq nos resta.
Bjo

11 maio, 2006  
Blogger Lia Noronha said...

Marco: esses conflitos são terríveis..sempre!
Boa noite de quinta.
Abraços tranquilos.

11 maio, 2006  
Anonymous Anônimo said...

é...meu deus..esse bush naum tem jeito!já praga maior ki esse fdp?eh mto dificil achar um..uma curiosidade tdo ki os muçulmanos e etc fazem podem ser chamados de ataques terrosristas pela mídia,mais os dos Eua naum...eles nem conseguiram provar a existência de armas químicas no Iraque...
e isso aew..
flw
arthur

11 maio, 2006  
Anonymous Anônimo said...

Marcos, eu concordo com você, a situação do Irã é realmente melindrosae, e fica muito mais critica ainda com o envlvimento do tal bush. não devemos nos enganar, um dos proximos passos do homem da terra do tio Sam, será a nossa água. os americanos é sempre assim cai a popularide do presidente, logo se decreta uma guerra, esse povo é um perigo para a humanidade.

Chagas Silva

12 maio, 2006  
Anonymous Marcos said...

O irônico nessa história é que Bush pai e antecessores são os responsáveis indiretos pela criação dessa república dos aiatolás.

12 maio, 2006  
Blogger ariadne said...

Se puder recomendar um livro vai: ACONTECEU NA BABILÔNIA, Tariq Ali. Excelente para formar opinião mais embasada sobre este mala do Bush, os malas que o precederam e seus motivos vis .

abração

14 maio, 2006  
Blogger filosophando said...

Não sei porque mas esse 'impasse' tá me cheirando algo do tipo 'o declínio do império americano.

15 maio, 2006  
Anonymous Anônimo said...

Pareca que isso nunca vai acabar.Estamos vendo cada dia mais essa situacao piorar...Bem vamos esperar e ver no que isso vai terminar!!!!!!
LOREDANA

19 maio, 2006  

Postar um comentário

<< Home