sexta-feira, outubro 30, 2009

Despedida



A saudade tem rondado minha vida

De maneira inglória, frequente e renhida

Posso perder várias lutas

mas nunca a guerra

Podem ser batalhas sangrentas e abruptas

Até entre o céu e a terra

Mas no final tudo se acerta

A vida é feita de escolhas

Isso é coisa certa

Podem ser perenes como as folhas

e ai reside o problema

Podem ser irreversíveis!

Termino sem rimas, sem risos e sem lágrimas!

4 Comments:

Blogger Silvana Nunes .'. said...

Na intenção de divulgar o meu trabalho, cheguei até aqui. Muito bom o seu espaço, gostei bastante. Certamente voltarei mais vezes. Aproveito para convidar a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Se você gosta de histórias, garanto que vai gostar.
Saudações Florestais !

30 outubro, 2009  
Anonymous NANY said...

Paiii *--* q lindaaa!!
voce sabe q a saudade quando bate acaba com a gente né?
ainda bem q tenhu voce na minha vida e agradeço todos os meus dias por isso
te amo d+

04 novembro, 2009  
Anonymous Álvaro Luiz said...

Marco,

Proposital ou não, uma poesia responde a outra: 'Mas viver é lutar', desistir jamais.

Forte Abraço

05 novembro, 2009  
Anonymous Anônimo said...

Saudades deste blog quando ele era menos "meloso"!

05 novembro, 2009  

Postar um comentário

<< Home