terça-feira, julho 11, 2006

Miscelânea

Lula vetou o reajuste de 16,67% para os aposentados. A vida amorosa de Einstein foi devassada mais uma vez pela leitura de mais de 3.500 páginas de cartas que escreveu entre 1912 e 1955, ano da sua morte. Estréia "Páginas da Vida" , mais uma das nojeiras das oito da rede bobo. A 4ª série da rede de ensino da Prefeitura de São Paulo está entre as sete piores do país, quando comparada com a das demais capitais. O governo israelense decidiu prosseguir e intensificar, os ataques do Exército contra a faixa de Gaza. Morre Syd Barrett, fundador do Pink Floyd. Estas foram algumas das noticias de hoje que gostaria que vocês comentassem.
A Vanessa me mandou um mapa interessante.

13 Comments:

Blogger Vander said...

Eu vi essa tabela do desempenho dos estudantes brasileiros em matemática e português. É lamentável. São Paulo perdeu para várias cidades pobres do nordeste. Aliás, ontem assisti ao programa RODA VIVA, da TV Cultura(22:30), um programa de entrevistas que passa toda segunda e entrevista autoridades brasileiras e mundiais. Ontem esteve presente o ministro da educação HADDAD. Quem assistiu pôde ver como o assunto educação pode ser complexo. A Reforma Universitária é amada por uns e odiada por outros. As cotas raciais estão perdendo terreno para as cotas sociais . Metade dos movimentos sociais condenam as cotas e outra metade aprovam. O assunto vai longe. Não costumo assistir a novelas, mas quis assistir ontem ao primeiro capítulo de Páginas da Vida, para ver qual o enfoque da novela. Interessante perceber que uma das primeiras cenas da novela foi um arrastão no Rio. Houve também 2 casos de traição conjugal, um caso de brigas familiares intensas, um caso de gravidez indesejável na adolescência. É aquele esquema: as novelas se inspiram na vida real, e a vida real se inspira nas novelas. Aí as novelas se inspiram mais na vida real, e a vida real se inspira mais ainda nas novelas. E o ciclo parece não ter fim e muitos se acostumam com algumas coisas até pouco tempo dignas de espanto. Quanto ao veto do Lula, o caso é complicado. Em ano eleitoral o presidente concedeu inúmeros reajustes. Alguns consideraram tais atitudes como eleitoreiras, oportunistas e demagógicas. O governo se defende dizendo que houve atraso na votação do orçamento por culpa do Congresso. Os dois lados têm certa razão, e os dois lados estão um pouco errados. Creio que a oposição sabe que a previdência não suporta tantos bilhões extras no orçamento, e receio que eles aprovaram esse reajuste para tentar aumentar a impopularidade do Lula, sabendo que o presidente vetaria o aumento, coisa que de fato aconteceu. O ano promete.

11 julho, 2006  
Anonymous Julio said...

Como formador de opinião, você deveria saber que isso foi só um jogo sujo da oposição burra e cretina do país. Também concordo que a aposentadoria especial do Lula embora legal, seja eticamente questionável. Mas, devemos lembrar que muitos dos que criticam Lula, se beneficiam dessa mesma imoralidade. O Cony, além de receber 900 mil de indenização, recebe 25 mil da viúva, por ter sido demitido do jornal em que trabalhava. Penso que nessa eleição, o Lula leva até por exclusão, os outros candidatos não existem. Ruim com ele, pior sem.

11 julho, 2006  
Blogger NIVALDO RIBEIRO said...

"Pára o mundo que eu quero descer". A frase está cada vez mais atual, francamente!

11 julho, 2006  
Anonymous Jonas said...

Pois é Marco, o Barba conseguiu guardar uma bela de uma grana nos últimos anos. Para alguém que há mais de 20 anos não trabalha até que está bem., não é mesmo?,

Abraços.

11 julho, 2006  
Blogger Flávio said...

Marco, acho que o assunto mais, digamos, "comentável" é o veto do Lula; que, aliás, foi obrigatório. Em ano eleitoral ele não vetaria nenhum aumento, se pudesse evitar: a prova, está em todos os outros concedidos. Estou com o Julio: ele vai ganhar, por falta de adversários. Gostaria da sua opinião, lá no nosso último post; como professor, vc é da área. :) Abração.

11 julho, 2006  
Blogger Zee said...

Eita, como me achou? Fico nesse blogo não blogo. Fecho um, abro outro...
Sobre política eu não tenho o que dizer. Pelo pouco que acompanho, o Lula já ganhou. Pena que o Brasil vai sempre na mesma ladainha, assim como nas novelas.

11 julho, 2006  
Blogger tinimuzel said...

é pra fazer um comentário sério? pois se for, só posso falar da morte do cara do pink floyd... o resto, dá pra juntar tudo, pegar palavra de uma notícia de uma e juntar na outra, pegar palavra da outra e colocar na anterior, que não acrescenta nada de bom...

"como já dizia o general De Gaulle: este país não é sério".

11 julho, 2006  
Blogger Douglas Freitas said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

11 julho, 2006  
Blogger Douglas Freitas said...

Está tudo uma bagunça, caro Marco.
Lula não é Lula; intimidades não são respeitadas; novelas do Vale a Pena Ver de Novo invadem o horário nobre.
Manoel Carlos está para mesmice carioca burguesa às 9 assim como Israel está para ataques retaliativos na faixa de gaza.
Sobre a 4² série do ensino básico da cidade de SP, pouco posso comentar, mas como suspeito que a de BH, também figure entre as sete piores, lamento e só espero que instrução e educação sejam fatores decisivo nessas eleições.
E por fim, assumo meu pouco interesse por Pink Floyd.

Interessante o blog.

11 julho, 2006  
Blogger Marco Aurélio said...

Douglas a de BH está entre as três ou quatro melhores. Não é grande coisa mas...

12 julho, 2006  
Blogger Roy said...

Ha muito que se comentar sobre todas estas noticias. O veto de reajuste me parece uma parabola ao veto de Bush, que podera usar seu primeiro e unico contra a expansao dos fundos de pesquisas embrionarias. Ao mesmo tempo, Nova Iorque tambem 'vetou' e legaliza'cao do matrimonio entre homossexuais.
A novela nao me interessa, eu literalmente vomito se ligar a TV na Globo e nao estiver passando futebol, mesmo, raramente algum programa presta.
O exercito israelense voltou ao Libano hoje com maior intensidade depois da captura pelo Hezbollah de mais dois soldados sabra... Eu sempre avisei, e nao sou o unico. Isso nao acaba bem, se eh que acaba...
Morreu o Crazy Diamond... Sabia muito pouco de sua historia, mas pelo que li, parece que era genio demais pra mundo 'pequeno'.

abrax

RF

12 julho, 2006  
Blogger Renata said...

Novela clichê. Clichê novela. Clichê o veto e clichê a invasão das intimidades do Einstein. A morte do Syd Barret vai ser sentida, num momento onde a falta de criatividade impera.
Mas que vc viu a novela viu, né? Hehehe... Pauta para poder comentar.
See ya.

12 julho, 2006  
Anonymous Ana said...

Quem viu meu post pode achar q assisto novelas... Mas só comentei porque achei interessante a participação da Sonia Braga, depois de tanto tempo.
Que pena que não usem aquele espaço, no horário nobre da TV, pra refletirem estas coisas com um mínimo de profundidade... Acaba sendo tudo tão banalizado, vulgarizado que até talentos como o da Fernanda Montenegro não fazem muita diferença...

12 julho, 2006  

Postar um comentário

<< Home