segunda-feira, agosto 21, 2006

O Grafeno

O que esta imagem diz para você? Pode ser a primeira vez que você viu então um Grafeno, folha de dimensões nanoscópicas (um nanômetro é um milionésimo de milímetro) composta só de átomos de carbono com propriedades quase mágicas. Surge como candidato ao lugar do silício na fabricação de chips de computadores. Foi observado nesse material um fenômeno que se achava que só acontecesse em buracos negros (elétrons atravessam nele barreiras consideradas teoricamente intransponíveis como se elas não existissem). Uma das coisas notáveis sobre o grafeno é que ele permanece sendo um metal mesmo na ausência de elétrons.O efeito faz parte das bizarrices da física quântica (Efeito Hall quântico). Mas para que possa ser útil, os cientistas terão que produzir folhas grandes do nanotecido. Serão necessárias pastilhas de grafeno de alguns centímetros.

Será que a lei de Moore (o número de transistores em um chip dobra a cada 18 meses) ainda vale ? Essa lei vem sendo cumprida desde os anos 60 pelos fabricantes de chips de silício.

Vamos aguardar!

Só mais uma coisa:

Supondo que um pedaço de Grafeno como o da imagem, tivesse 1 nanômetro quadrado. Seriam necessários quantos deles para fazer uma folha de 1 centímetro quadrado ?

7 Comments:

Blogger WAPTE said...

Bem, 1 nanômetro tem 1 milionésimo de milímetro ou seja 1 décimo de milionésimo de centémtro. 1 nanômetro quadrado é um número que se obtém escrevendo 1 seguido de 14 zeros. Vou escrever só para encher o saco:
100000000000000 centímetros quadrados. Ou seja teríamos num centímetro quadrado 100 trilhões de grafenos. É grafeno prá....
Só para ter uma idéia deste número, a idade do universo é de 14 bilhões de anos. Número cerca de 7000 vezes menor que o número de grafenos. Com esse número na cabeça não dá para pensar em chuva em Tupinamb´r e nem em teorias cospiratorias Perelmanianas. Alías Marco Aurélio, voc~e ainda tem o livro de matemática divertida do Perelman?.

21 agosto, 2006  
Blogger Marco Aurélio said...

Pô pai, nem deu chance para a "galera" pensar! Quero ver agora quem escreve com potências de dez o que você disse! Quanto ao livro de matemática divertida do Perelman, tenho que procurar. Por falar nisso, finalmente encontrei "UMA BREVE HISTÓRIA DO TEMPO" do Stephen Hawking. Estava emprestado com o Paulista. Levei uma vez lá no bar do Gilberto e sabe como é né? Depois te devolvo.

21 agosto, 2006  
Anonymous pachecão said...

Tava sumido né galera?
Alguém teve a curiosidade de contar quantos carbonos tem nesta figura? O número obtido muiltiplicado pelo que o Wapte(Um abraço chefe cara pálida) falou, dá o número de carbonos presentes em uma folha de 1 centímetro quadrado. Sabendo a massa de cada carbono temos então a massa da folha.

Valeu

21 agosto, 2006  
Blogger Marco Aurélio said...

Pachecão

Muito obrigado pela visita. E pensar que o Andre Geim, responsável pela criação do grafeno,pode ser o único cientista a ganhar o prêmio IG nobel(conhece?) e o Nobel simultaneamente:

Vejam

http://es.wikipedia.org/wiki/Premio_Ig_Nobel#Premios_Ig_Nobel_2000

21 agosto, 2006  
Anonymous douglass.amorim said...

bom, nao entrei no sabado, porque eu fiz hora extra, mas entao eu nao tenho certeza mas acredito que seja 1x10 à quatorze.
toda semana eu to aqui!!

22 agosto, 2006  
Anonymous Giovanni keppelen dos santos - 7ªA said...

bom pra quem nao o conhece o Grafeno, daqui em diante todos os processadores serao feita dessa materia prima, como os novos processadores da intel de tecnologia HT, por exemplo o P5.
bom e isso ai,,
passanu aki so pra mark uma presença mesmo..........

23 agosto, 2006  
Blogger Ricardo Rayol said...

isso é fantastico... conseguir trabalhar em escalas microscopicas é algo notavel...

25 agosto, 2006  

Postar um comentário

<< Home