segunda-feira, agosto 03, 2009

Fada ou borboleta?









Escutar não é ouvir
o som do silêncio dos olhos nos olhos
brilhantes de amor é indescritível
sensação de paz e felicidade
sorte dos que amam
só eles entendem o que sinto
não é preciso dizer nada
basta fechar os olhos
sentir o perfume e o calor
o toque e a presença
sublime de um anjo

4 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Coréi, a sua poesia é linda e profunda, tanto para o global quanto o pessoal. A minha irmã mais nova ficou arrepiada, minha irmã mais velha achou linda. Você é uma pessoa sensível. Continue sempre assim com esses sentimentos maduros e educativos para o bem da humanidade. As pessoas deveriam exercitar o próprio olhar, e não só na mente e no escutar. A mente julga, e o coração não. Isto é lúcido! Abraços carinhosos. Deus o abençoe. RACL.

03 agosto, 2009  
Anonymous Anônimo said...

Todo mundo tem defeito, loucuras e vícios, mas há sensibilidade nos corações humanos. A gente erra mais pela ignorância do que pelo olhar.
O olhar é tudo. É silêncio, coragem e transformação. A mente é outra, pois somos tentados a julgar erroneamente (sem consciência nenhuma). É um impulso instintivo dominado pelo nosso ego inconsciente. O olhar não, pois é meditativo e espirituoso. Isto é inexplicável. O que é um bom olhar? Qual é a diferença entre escutar e ouvir? Qual é a diferença entre ver e enxergar? .....
Todo mundo tem esse momento de lucidez e tristeza. Defeito todo mundo tem. Rosa.

04 agosto, 2009  
Blogger Giselle said...

Realmente vc deem um doon de poucos,vc realmente tem uma capacidade fantastica ..

06 agosto, 2009  
Anonymous Rafaella Ste. said...

Escreve muito bem *-* Lindo, profundo... Como disse a Giselle: "você tem um dom de poucos".

02 outubro, 2009  

Postar um comentário

<< Home