quinta-feira, julho 09, 2009

Verfehlung










Nunca mais te verei;
Isso gela minhalma!
Ainda passeia pelos meusonhos!!
Faz salgar e molhar meusolhos!!!
Calar e enterrar alguns planos...
Sua ida nos separou momentaneamente,
A minha, eternamente, já dizia Beauvoir;
Nunca menos te amarei;
Isso acalenta minhalma!
Mesmo longe bebo em sua companhia;
Nessas horas é que marejam os olhos
Que a íris se torna rubra e as pupilas se perdem no vazio da existência
missing

6 Comments:

Anonymous GISELE ARAÚJO (GIH) said...

Coréi o poetaa ..

Nossa Benheêe cada uma mais linda do que a outra . Continue assiim !!

09 julho, 2009  
Blogger ☼ Mαlu said...

' eeeeiiita (:
ta inspirado eiin coooréi ?
OAISIAOSISO, adoooorooon ! *-*

09 julho, 2009  
Blogger solon said...

esse ainda vira um grande poeta
vai fundo coréi!

12 julho, 2009  
Anonymous Mulher fatal said...

Seu olhar é + profundo do q da totinha desse post! quando c tah dano aula e me olha fico desconcertada!
sou do 2B sabe quem sou eu?

15 julho, 2009  
Anonymous Anônimo said...

só poesia de viado!
escreve coisa de homem!

20 julho, 2009  
Anonymous Anônimo said...

Viu, Marco Aurélio, o comentário anterior a este? Alguém se escondeu atrás do anonimato para dizer besteira.Comentário de verme. Quem sabe da próxima vez fará um comentário digno de ser humano.JAAR.

28 julho, 2009  

Postar um comentário

<< Home