segunda-feira, junho 22, 2009

desabafo


Enquanto dormes
Estou aqui na noite
Pensando em ti.
A madrugada é dura e longa.
Fria e solitária.
Imagino teu rosto doce e angelical
Acariciando o travesseiro.
Que inveja!
Queria estar ao seu lado
Sentindo seu calor, seu perfume
E seu hálito floral.
O rádio aqui do balcão toca
Uma canção de década de 70
Enquanto o frio corta minhas narinas.
Agora consigo ver o começo do raiar do dia.
Mais um. Ainda bem!
Dádiva de DEUS como diria meu saudoso e eterno PAPAI.
Descanse em paz, Lincoln.

2 Comments:

Anonymous giselle said...

Queriaa ter esse doon viuu ?!
Que deus ponhaa mais ideias naa sua cabecinhaa e que um diaa todos iram ver para tuaa obra ..
Divinoo seu poemaa .

06 agosto, 2009  
Blogger Gabi said...

que lindo lelo. pra desabafar, eu mando emails pra ele, mesmo nao sendo saudável. sua maneira é mais bonita ♥

03 setembro, 2009  

Postar um comentário

<< Home